terça-feira, 3 de abril de 2018

UNA-SUS Recomenda

 

Professora MSc. Márcia Sampaio, uma das responsáveis pelo projeto UNA-SUS Recomenda.

No início deste ano, foi lançado na UNA-SUS um sistema de recomendação de conteúdo digital e educacional, idealizado e produzido aqui na Amazônia com colaboração de profissionais de Brasília. Uma das responsáveis por este projeto é a Professora MSc. Márcia Sampaio, que faz parte do corpo docente da Universidade do Estado do Amazonas há 4 anos, ministrando disciplinas na Escola Superior de Tecnologia. Para saber mais sobre este produto ©UNA-SUS Amazônia batemos um papo com ela.

Como funciona o UNA-SUS recomenda?

O UNA-SUS Recomenda é um projeto de pesquisa que tem por objetivo a modelagem, o desenvolvimento, a validação e a implantação de um sistema de recomendações a ser aplicado no contexto da UNA-SUS. Essas recomendações são personalizadas pois baseiam-se no perfil, no histórico, nas afinidades e nos interesses do público-alvo, que compreendem os profissionais de saúde cadastrados na Plataforma AROUCA.

Este sistema tem como propósito recomendar, a este grupo específico de profissionais, cursos provenientes da Plataforma AROUCA.

Como foi desenvolvido?

O UNA-SUS Recomenda foi desenvolvido pela equipe UNA-SUS Amazônia em parceria com a equipe de Brasília. Trata-se de um sistema capaz de capturar a necessidade e os interesses de profissionais da saúde por meio de inteligência artificial, convergindo com o propósito da UNA-SUS que visa a capacitação e educação permanente dos trabalhadores do Sistema Único de Saúde.

As recomendações feitas pelo algoritmo foram baseadas no comportamento dos usuários dentro da rede e em seus respectivos perfis. A combinação dessas duas fontes de informações permitiu o desenvolvimento de um sistema flexível e eficiente, capaz de capturar o interesse individual do público alvo e as tendências atuais de comportamento da rede. Sendo este último essencial em casos de cursos que abordam temas relacionados a doenças sazonais ou epidemias.

Quais foram os maiores desafios do projeto?

Os maiores desafios do projeto concentraram-se em dois pontos, a criação de um algoritmo que fosse viável, em termos de tempo de execução, e ao mesmo tempo eficiente, que fosse capaz de capturar tendências de comportamento dentro da rede.  Pois a característica do contexto onde seria utilizado o algoritmo é muito dinâmica: diariamente novos cursos são ofertados por diferentes instituições de ensino que compõem a rede, além disso, a rede é composta por aproximadamente 600.000 usuários, que requisitam diariamente essas recomendações.

O Segundo desafio se concentrou na compreensão dos dados disponíveis para alimentar o algoritmo. Para sanar essa dificuldade, foi feito um estudo e determinado quais dados seriam relevantes para a utilização do sistema.

Para você como profissional e pesquisadora de tecnologia, qual foi o maior desafio?

O grande desafio foi lidar com a área de saúde. Compreender as nomenclaturas e características próprias da área. Em contrapartida foi um prazer aplicar técnicas da computação, que é minha área de conhecimento, na saúde. O que caracteriza um trabalho multidisciplinar.

Minha experiência dentro do UNA-SUS Amazônia foi excelente!! Trabalhar com uma equipe tão jovem, porém extremamente comprometida, disciplinada, inteligente e cheia de sonhos é estimulante e desafiador também!

Este projeto tem um impacto de âmbito nacional… profissionais de saúde em todos os estados brasileiros recebem recomendações de cursos feitas pela equipe técnica do UNA-SUS Amazônia. Acaba sendo uma grande oportunidade de demonstrar o nosso trabalho!

Porém, gostaria de destacar que o projeto foi feito por uma equipe… composta de técnicos e pesquisadores, para os quais eu bato palmas e agradeço.

Nós da equipe UNA-SUS Amazônia ficamos muito felizes de ter profissionais como estes que compõem o nosso corpo técnico, afinal sempre prezamos pela qualidade dos produtos que entregamos. Se você ficou curioso e quer ler mais sobre o assunto, visite nosso portfólio de Pesquisa e Desenvolvimento e tenha acesso a artigos e resumos sobre o UNA-SUS Recomenda e muito mais.

 

Por: comunicação UNA-SUS Amazônia.